Paraquedismo em Boituva. Realizando o sonho de voar.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Boituva é o maior centro de paraquedismo da América Latina. Lá, através das várias escolas existentes, é possível saltar de paraquedas acompanhado (salto duplo) ou sozinho (após fazer cursos preparatórios).

Boituva, o maior centro de paraquedismo da América Latina
As pessoas que já saltaram de paraquedas dizem que a sensação de queda livre, ou seja, a sensação naquele espaço de tempo entre o salto do avião e a abertura do paraquedas é indescritível. O medo, a euforia, o pânico, a adrenalina, a velocidade do corpo caindo no espaço, o vento batendo no rosto; tudo isso faz parte de uma aventura incrível, uma experiência inigualável: o salto de paraquedas.

Para quem tem o sonho ou a vontade de se lançar no espaço aqui vai uma dica. 
Existe uma cidade no interior do estado de São Paulo que oferece essa oportunidade.
A cidade é Boituva, conhecida internacionalmente por ser o maior centro de paraquedismo da America Latina.
Boituva fica na região de Sorocaba e o acesso por automóvel se dá pela rodovia Castelo Branco (SP-280).

A cidade se tornou um importantíssimo polo do paraquedismo por conta de suas condições climáticas favoráveis, e nela se encontra o Centro Nacional de Paraquedismo, além de várias escolas que orientam e ensinam sobre o esporte.
Através dessas escolas, é possível experimentar a emoção de realizar um salto duplo (acompanhado de um instrutor) ou se preparar, por meio de cursos, para realizar saltos solos.

Qualquer pessoa com mais de 15 anos pode realizar um salto duplo de paraquedas (os menores de idade necessitam de autorização dos pais).
Após receber instruções de como se comportar e se posicionar na saída do avião, no tempo de queda livre e no pouso, a pessoa realiza o salto a uma altitude aproximada de quatro mil metros.

Os saltos não são realizados quando chove ou venta muito, apesar desses problemas não acontecerem frequentemente, pois as condições climáticas de Boituva ajudam muito.
O paraquedismo é um esporte muito seguro, com taxa praticamente zero de acidentes. No salto duplo, por exemplo, nunca houve um acidente de alta gravidade no Brasil.

Para quem quiser se aventurar a iniciar nesse esporte, o primeiro passo é o salto duplo, em que o passageiro pula para o espaço infinito preso a um instrutor e com paraquedas apropriado para esse tipo de salto.

As pessoas que sonham em saltar de paraquedas sozinhas têm que fazer um curso com aulas práticas e teóricas, chamado AFF (accelerated free fall). O tempo do curso depende do rendimento de cada aluno e pode durar de um fim de semana a três meses. Não existe limite de idade para saltar.

Os saltos duplos precisam ser agendados, no mínimo, com dois dias de antecedência. O custo vai depender do “pacote” desejado. Os pacotes vão desde o salto simples sem nenhuma documentação, até os saltos plenamente documentados com vídeos, fotos normais, fotos gigantes, filmagem 360°, passando pelo salto com apenas fotos ou apenas vídeo. O salto sem filmagem custa em torno de R$ 300,00, podendo chegar a cerca de R$ 600,00 no pacote completo.

O custo médio de um curso AFF está por volta dos R$ 4000,00, incluindo o aluguel dos equipamentos.

Existem pelo menos 15 escolas de paraquedismo na cidade.
Os saltos podem ser feitos de segunda a sexta-feira das 9h às 17h e aos sábados, domingos e feriados das 8h às 18h. O vôo dura cerca de 15 minutos e o salto propriamente dito, cerca de 1 minuto.

No Blog Mentiras Veríssimas tem um artigo que mostra um infográfico que ilustra de uma forma didática tudo o que você precisa saber sobre paraquedismo e saltos de paraquedas.

Leia o Artigo Completo em Mentiras Veríssimas.


Artigos Recomendados:

2 comentários:

  1. Flávia dos Anjos5 de abril de 2012 15:04

    Eu fiz um salto duplo de paraquedas recentemente, em Boituva, e foi uma das melhores experiências da minha vida!

    O tempo estava nublado e achei que as fotos não ficariam muito boas, até descobrir que é o melhor clima para saltar!

    Avistei aquele sol radiante e o tapete de nuvens que estava abaixo de mim! Saindo do avião, não há sensação de queda. Você flutua acima das nuvens!! Não há palavras que descrevam realmente!

    Para quem sente vontade de saltar, procure uma equipe profissional e se torne um apaixonado pelo esporte!

    Foi o primeiro salto, mas com certeza não será o último. Hoje posso dizer: "decobri porque os pássaros cantam"!

    Adorei o blog!

    ResponderExcluir
  2. Olá Flavia, obrigada por sua visita e pelos comentários bacanas. Adorei sua última frase "descobri porque os pássaros cantam"... Deve ser uma felicidade indescritível voar!
    Bjs
    Telma

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...